Conecte-se conosco




Polêmica

Pastora cobra R$ 1.500 por uma hora de oração ungida e milagre realizado

Publicado

em

Pastora cobra caro por oração ungida

A pastora ungida Patrícia Bonissoni, que também é fundadora da igreja "A Benção é Hoje e Não Amanhã", está usando o WhatsApp e as redes sociais para divulgar um serviço. O trabalho não é nada mais nada menos que venda de orações e milagres. O áudio da própria pastora está chocando a internet com tanto charlatanismo.

+ Após nódulo nas cordas vocais, cantora Vanessa Harada lança nova música

No áudio, a pastora Patrícia diz que tem autorização de Deus para fazer orações. Segundo a ungida, como é íntima com o Senhor, está fazendo uma promoção que inclui orações, estudos bíblicos e milagres realizados.

No áudio ela diz:

"Estou aqui para falar sobre a oração, que é o meio de comunicação entre Deus. E como sou intima de Deus, estou fazendo essa promoção. Assim, os valores são os seguintes: Para 5 minutos de oração o valor é de R$ 150 reais. Se for 10 minutos de oração o valor é R$ 300 reais. Para 30 minutos de oração o valor é de R$ 850 com direito a mais profecia. E 1 hora de oração o valor é de R$ 1.500 com direito a uma profecia, revelação, material do estudo bíblico e o milagre realizado"

É tanta unção por parte da pastora Patrícia que ele induz o fiel a escolher o pacote mais caro, porque diz que "nele o milagre é certo".

E quem achar que está caro, a pastora Patrícia é enfática: "Não tá caro, porque Deus tem te abençoado, e esse valor vai te trazer resultados, porque eu sou abençoada por ele para esse trabalho".

Ainda não sabemos se alguma pessoa pagou esse valor para ter oração ungida ou algum milagre por meio da pastora Patrícia. Mas o que esse áudio deixa bem claro é como as pessoas podem usar o nome de Deus para arrecadar dinheiro de quem precisa de ajuda espiritual em momento de dificuldade.

Sempre se vê casos de pastores que usam o nome de Deus de forma leviana, pedindo dízimo absurdo de pessoas que as vezes não tem um pão para comer.

Parece que essa pastora Patrícia, de uma igreja sem qualquer força teocrática no meio evangélico, está buscando dinheiro por meio da oração e milagres.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo
2 Comentários

2 Comments

  1. Pingback: Pastora cobra fortuna por oração ungida via Whatsapp

  2. Irlanda Fonseca

    2 de outubro de 2019 a 17:28

    Essa notícia é falsa!
    A Pastora Patrícia já fez um vídeo em sua página relatando que é outra pessoa, até a vos do áudio é diferente.

    VOCÊS DO SITE DEVERIAM INVESTIGAR ANTES DE POSTAR QUALQUER NOTÍCIA!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polêmica

Igreja Universal acusada de satanismo e mandar prender pastor após denunciá-la

Publicado

em

Igreja racusada de satanismo

A Igreja Universal, que foi criada no Brasil pelo Bispo Edir Macedo, mas com sede em outros países, vem sendo alvo de investigações após o surgimento de polêmicas e mortes.

+ Pastor Jabes de Alencar esquece Bíblia e passa zombar de Cabo Daciolo

Os casos que a Igreja Universal estaria envolvida, seria morte de pessoas, abuso de funcionários, satanismo e outras polemicas, o que gerou investigação das autoridades locais de cada países. Segundo a reportagem do Uol

Um deles foi uma revolta popular que resultou na depredação de vários templos da Igreja Universal do Reino de Deus em São Tomé e Príncipe. A manifestação começou após um pastor ser preso na Costa do Marfim por ter enviado mensagens que teriam exposto trabalho escravo por parte da igreja.

Outro acontecimento envolvendo a Igreja Universal está ligado a Satanismo na Zambia, onde em 2005, a Iurd foi alvo de uma série de protestos no país, sendo acusada de "praticar satanismo".

Na ocasião, o governo do país chegou a banir a instituição e requisitar a extradição de dois pastores brasileiros, mas foram soltos e a igreja manteve a rotina evangélica no país.

Além disso, outro assunto que causou polêmica e foi um dos mais comentados envolvendo a Igreja Universal é uma denúncia feita pela rede portuguesa TVI.

Em 2017, a emissora revelou que a Iurd mantinha um "lar ilegal de crianças" nos anos 1990 de onde desapareceram menores de idade que teriam sido roubados de suas mães e pais. Nas denúncias, as crianças eram entregues por famílias com dificuldades financeiras e enviadas para outros países, sendo classificado como tráfico de crianças.

Já em Angola, em 2013, a Iurd teve suas atividades suspensas por 60 dias por conta de um acidente no estádio da Cidadela Desportiva, em Luanda, capital daquele país, e que resultou na morte de 16 pessoas.

As autoridades alegaram que o excesso de pessoas, conforme noticiado pela agência estatal de notícias angolana Angop (Angola Press), foi resultado de "propaganda enganosa" da Iurd.

Aqui no Brasil também acompanhamos diversos casos de fraudes e problemas envolvendo a Igreja Universal do Reino de Deus, como testemunhos falsos, aquisição de dízimos de forma ilegal e outras polêmicas.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

RECENTES

POLPULARES

© Copyright Música Gospel 2019 | noticias@musicagospelnews.com.br | Whats 19 994096871 | Rua Canadá, 180 - Jd. América Indaiatuba -SP - CEP 13339-400