Conecte-se conosco




Polêmica

Criança com câncer é humilhada por cantor de funk famoso

Publicado

em

Crinça é humilhado por MC Gui

Notícias sobre cantores de funk, se multiplicam, e a maioria deles atualmente são famosos. Dessa vez, é MC Gui, que está no centro de uma polêmica. De acordo com informações, ele teria humilhado uma criança que está com câncer, em uma viagem à Disney.

+ Vaza supostas nudes de famoso cantor gospel AD Itapevi

Em vídeo que está circulando na Internet, feito com o próprio celular do cantor de funk, aparece uma criança. Mas, infelizmente, Mc Gui em questão acha engraçado, e diz que a menina parece uma personagem de filme de terror. Na verdade ela, que estava com uma peruca ruiva, está com câncer e usava o adereço como uma maneira de se sentir melhor.

A perda de cabelos e pelos do corpo, é uma conseqüência do tratamento pelo qual, as pessoas com a enfermidade, passam. A menina que passou pelo constrangimento, se chama Jully e tem apenas 7 anos de idade. Mesmo tendo excluído o vídeo, MC Gui, teve prejuízo por conta do episódio.

Ele faria uma apresentação em uma das escolas da rede CNA, no dia 31 de Outubro. Mas, em nota oficial, a empresa decidiu comunicar que cancelou o show. De acordo, com o comunicado, a atitude do artista, fere os princípios de ética da rede.

Outra grave conseqüência por conta do ato cometido na Disney, será o cancelamento da marca do funkeiro. Pois, a rede que faz a distribuição das roupas da grife dele, anunciou que não comercializa mais tais peças.

O cantor tentou se defender sobre a acusação de ter humilhada uma criança doente de câncer. O artista do funk, disse que tudo não passou de um mal entendido. Outra artista famosa, Jojo Toddynho, chegou a dizer que bateria no colega, se o caso fosse com uma filha dela. 



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polêmica

Igreja Universal acusada de satanismo e mandar prender pastor após denunciá-la

Publicado

em

Igreja racusada de satanismo

A Igreja Universal, que foi criada no Brasil pelo Bispo Edir Macedo, mas com sede em outros países, vem sendo alvo de investigações após o surgimento de polêmicas e mortes.

+ Pastor Jabes de Alencar esquece Bíblia e passa zombar de Cabo Daciolo

Os casos que a Igreja Universal estaria envolvida, seria morte de pessoas, abuso de funcionários, satanismo e outras polemicas, o que gerou investigação das autoridades locais de cada países. Segundo a reportagem do Uol

Um deles foi uma revolta popular que resultou na depredação de vários templos da Igreja Universal do Reino de Deus em São Tomé e Príncipe. A manifestação começou após um pastor ser preso na Costa do Marfim por ter enviado mensagens que teriam exposto trabalho escravo por parte da igreja.

Outro acontecimento envolvendo a Igreja Universal está ligado a Satanismo na Zambia, onde em 2005, a Iurd foi alvo de uma série de protestos no país, sendo acusada de "praticar satanismo".

Na ocasião, o governo do país chegou a banir a instituição e requisitar a extradição de dois pastores brasileiros, mas foram soltos e a igreja manteve a rotina evangélica no país.

Além disso, outro assunto que causou polêmica e foi um dos mais comentados envolvendo a Igreja Universal é uma denúncia feita pela rede portuguesa TVI.

Em 2017, a emissora revelou que a Iurd mantinha um "lar ilegal de crianças" nos anos 1990 de onde desapareceram menores de idade que teriam sido roubados de suas mães e pais. Nas denúncias, as crianças eram entregues por famílias com dificuldades financeiras e enviadas para outros países, sendo classificado como tráfico de crianças.

Já em Angola, em 2013, a Iurd teve suas atividades suspensas por 60 dias por conta de um acidente no estádio da Cidadela Desportiva, em Luanda, capital daquele país, e que resultou na morte de 16 pessoas.

As autoridades alegaram que o excesso de pessoas, conforme noticiado pela agência estatal de notícias angolana Angop (Angola Press), foi resultado de "propaganda enganosa" da Iurd.

Aqui no Brasil também acompanhamos diversos casos de fraudes e problemas envolvendo a Igreja Universal do Reino de Deus, como testemunhos falsos, aquisição de dízimos de forma ilegal e outras polêmicas.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

POLPULARES