Conecte-se conosco




Polêmica

Nani Azevedo grava “Caneta Azul” e revolta evangélicos

Publicado

em

Naniz Azevedo embarca na caneta azul

O cantor gospel Nani Azevedo entrou na onda e resolveu gravar a música "Caneta Azul". O que estava programado para ser um sucesso causou revolta aos evangélicos.

A música "Caneta Azul" que Nani Azevedo escolheu no lugar dos louvores,tomou as redes sociais nas últimas semana. Tudo em decorrência da letra ser engraçada e da melodia chiclete. Além do cantor gospel muitos artistas evangélicos resolveram gravar a canção.

Acontece que o cantor Manoel Gomes, do município de Balsas, no Maranhão, que criou a música, tem outras canções com cunho sexual e imorais.

Por isso, o público evangélico não aprovou a música ser cantada por Nani Azevedo. A despeito de ter um nome forte na música gospel, inclusive a função de cantar louvores de Deus.

"Caneta Azul" virou meme na internet e chegou a marca de mais de 5 milhões de visualizações no YouTube.

Os versos do maranhense sobre uma caneta perdida por ele viraram meme com ajuda da divulgação das redes sociais de famosos. Cantores como Simaria (da dupla com Simone) e Tirulipa, entre outras celebridades, postaram vídeos cantando a música. E a tal caneta, ele garante, ainda não apareceu.

Wesley Safadão, Pablo do Arrocha e Alok cantaram trechos de "Caneta Azul" em shows recentes. Por isso a moda agora vem sendo aderida por cantores evangélicos, que parecem que esqueceram o mundo de Deus e resolveram aderir a moda.

Na internet o cantor Nani Azevedo recebeu diversas críticas sobre a postagem. Ainda não se sabe se o músico que criou "Caneta Azul" vai conseguir emplacar outros sucessos nas redes sociais.

Isso porque, sempre quando um meme aparece, ele vira um sucesso e logo em seguida é esquecido pelo público, mostrando que esses "boom" da internet tem um prazo para começar e para terminar. Diferente do da palavra de Deus que fica para sempre.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polêmica

Igreja Universal acusada de satanismo e mandar prender pastor após denunciá-la

Publicado

em

Igreja racusada de satanismo

A Igreja Universal, que foi criada no Brasil pelo Bispo Edir Macedo, mas com sede em outros países, vem sendo alvo de investigações após o surgimento de polêmicas e mortes.

+ Pastor Jabes de Alencar esquece Bíblia e passa zombar de Cabo Daciolo

Os casos que a Igreja Universal estaria envolvida, seria morte de pessoas, abuso de funcionários, satanismo e outras polemicas, o que gerou investigação das autoridades locais de cada países. Segundo a reportagem do Uol

Um deles foi uma revolta popular que resultou na depredação de vários templos da Igreja Universal do Reino de Deus em São Tomé e Príncipe. A manifestação começou após um pastor ser preso na Costa do Marfim por ter enviado mensagens que teriam exposto trabalho escravo por parte da igreja.

Outro acontecimento envolvendo a Igreja Universal está ligado a Satanismo na Zambia, onde em 2005, a Iurd foi alvo de uma série de protestos no país, sendo acusada de "praticar satanismo".

Na ocasião, o governo do país chegou a banir a instituição e requisitar a extradição de dois pastores brasileiros, mas foram soltos e a igreja manteve a rotina evangélica no país.

Além disso, outro assunto que causou polêmica e foi um dos mais comentados envolvendo a Igreja Universal é uma denúncia feita pela rede portuguesa TVI.

Em 2017, a emissora revelou que a Iurd mantinha um "lar ilegal de crianças" nos anos 1990 de onde desapareceram menores de idade que teriam sido roubados de suas mães e pais. Nas denúncias, as crianças eram entregues por famílias com dificuldades financeiras e enviadas para outros países, sendo classificado como tráfico de crianças.

Já em Angola, em 2013, a Iurd teve suas atividades suspensas por 60 dias por conta de um acidente no estádio da Cidadela Desportiva, em Luanda, capital daquele país, e que resultou na morte de 16 pessoas.

As autoridades alegaram que o excesso de pessoas, conforme noticiado pela agência estatal de notícias angolana Angop (Angola Press), foi resultado de "propaganda enganosa" da Iurd.

Aqui no Brasil também acompanhamos diversos casos de fraudes e problemas envolvendo a Igreja Universal do Reino de Deus, como testemunhos falsos, aquisição de dízimos de forma ilegal e outras polêmicas.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

POLPULARES