Mundo Cristão

Evangélico mata filha de 3 anos, esposa e comete suicídio. Deixa carta de despedida

Um evangélico de Chapecó SC, por motivos ainda não esclarecido matou a filha de 3 anos de idade, sua esposa e logo em seguida cometeu suicídio. Antes de tirar sua própria vida, deixou uma carta em tom de despedida

Os homicídios seguido de suicídio do evangélico, aconteceu na manhã desta quarta-feira (6), em um apartamento de um condomínio residencial, localizado na Avenida São Pedro, no bairro Pinheirinho.

+ Confusão em igreja evangélica acaba com pastor esfaqueado no interior de SP

Segundo informou o sargento da Polícia Militar, os vizinhos estranharam a ausência de movimentação da família. O carro do evangélico estava estava fechado na garagem. Or moradores próximos a casa da família,entraram em contato com as empresas em que o casal trabalhava. Logo constataram que os dois tinham faltado ao serviço e criança também não compareceu a escola.

O síndico do prédio onde a família morava, Vanderlei Sbaraini, disse que não escutava discussão ou brigas do casal. Mesmo ambos morando por cerca de cinco anos no condomínio. O delegado responsável pelo caso, Vagner Papini, afirmou que “ao que tudo indica, o indivíduo praticou homicídio contra a esposa e o filho e posteriormente se matou”.

O síndico ainda contou aos militares que escutou os disparos. Porém pensou que fosse algo caindo no chão.

“Por volta das 10h e pouco, a portaria me ligou dizendo que o pessoal que trabalha com eles estava aqui no condomínio porque nem ele, nem ela [tinham ido ao trabalho], nem a nenê estava na creche. Eu falei com eles. Falei ‘ó, aciona a polícia para nós podermos entrar dentro do apartamento'”, disse o síndico.

Michael Ribeiro Lopes de Gois, tinha de 32 anos  e sua esposa Eliane Mayeski de Gois, de 27 anos e o delegado responsável pelo caso em entrevista disse que não ha testemunhas oculares.

” Nós não temos testemunhas oculares, mas nós temos testemunhas que ouviram gritos, que ouviram o barulho dos tiros”.

Ele disse ainda que nos próximos dias, essas pessoas devem ser ouvidas na investigação. Inclusive um revólver usado no crime e para cometer o suicídio foi apreendido. O inquérito policial será aberto nesta quinta (7), conforme o delegado.

No apartamento, foi encontrada uma carta. A princípio, segundo o delegado, ela teria sido escrita pelo homem em tom de despedida. Ela vai passar por perícia. “Vai tentar ver se a letra dele é a mesma da pessoa que escreveu a carta”, explicou Papini.

Etiquetas
Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo
Fechar