Mundo Cristão

Pastora é morta pelo namorado e tem corpo escondido dentro da geladeira

A pastora Ione dos Santos foi morta pelo namorado e teve o seu corpo escondido dentro da geladeira. Esse crime bárbaro aconteceu na cidade de Miguel Pereira, na Região Sul Fluminense, onde a pastora atuava na igreja da cidade. Além disso trabalhava como juíza de paz no cartório local.

Polícia prende pastor após colocar fogo e causar incêndio de grandes proporções

De acordo com a Polícia Civil, o principal suspeito de matar a pastora e colocar o corpo na geladeira seria o próprio namorado da vítima, Luan Nilton Martins, de 30 anos.

No dia do assassinato, após matar a pastora, o homem teria fugido e entrou numa trocar de tiro com a polícia, na cidade de Aparecida de São Manuel, onde acabou morrendo.

O corpo da pastora morta foi encontrado pelo irmão dela, quem em depoimento aos policiais, disse que estranhou a falta de comunicação da irmã no dia de seu aniversário e decidiu procurá-la.

Durante uma pesquisa na internet, o irmão da vítima reconheceu a foto do cunhado que se envolveu na ocorrência com a polícia paulista e decidiu ir até a casa de Ione. No imóvel ele encontrou a geladeira ligada, amarrada com arames e com a porta virada para a parede. Lá dentro estava o corpo da irmã.

A polícia foi imediatamente acionada e o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Barra do Piraí, onde inicialmente não foi constatado sinais de agressão. A polícia acredita que ela tenha sido colocada ainda com vida dentro da geladeira.

Esse é maus um caso que choca a comunidade evangélica no Brasil de casos de assassinato contra mulheres que estão à frente da igreja.

Ainda não se sabe o que teria motivado a ação do namorado para matar a pastora e deixar o corpo na geladeira.

Testemunhas não souberam informar se o casal passava por problemas no relacionamento e se a vítima já tinha sido agredida em outras ocasiões.

Etiquetas
Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo
Fechar