Cantor Gospel

Após vídeo divulgado na internet, cantor Nani Azevedo promete raspar a cabeça

O cantor gospel Nani Azevedo divulgou um vídeo na internet, onde após um apelo emocionante de um jovem, promete raspar a cabeça em prol da saúde do próximo.

No vídeo, dois jovens relatam as dificuldades do câncer, como a Leucemia, e o que é preciso fazer para ajudar essas pessoas que passam por essa doença tão grave e fatal. Para ilustrar e se solidarizar com o companheiro que sofre com a doença, um deles toma a atitude de raspar a cabeça.

“Você daria a sua vida para alguém que não conhece? Será que nós estamos valorizando realmente quem tem valor nessa vida? Eu tive a escolha de raspar o meu cabelo. A vida é um dom divino e sua média deve durar 80 anos, mas muitas vezes você é abalado por alguma doença que chega, mudando toda uma rotina, mas que através da medicina e principalmente dos milagres de Deus, guerreiros continuam lutando enquanto ainda houver esperança. Com certeza você já deve ter parado para pensar como seria incrível ser um super-herói. Mas, você pode ser sim um, porque tem em suas mãos um poder que é mais incrível. São as doações! Que o espirito santo possa falar com você neste vídeo!”

Na legenda do vídeo, o cantor Nani Azevedo escreveu:

“Boa tarde amados em Cristo!!! Quero fazer parte dessa corrente. Faça você também! Nem sei quem são esses jovens. Mas me comovi com suas palavras verdadeiras. Deus abençoe!!!”

Após vídeo divulgado na internet, cantor Nani Azevedo promete raspar a cabeça

Nos comentários, diversas pessoas aprovaram a postagem do cantor gospel e do seu empenho na campanha na doação de medula óssea para quem precisa. No entanto sua postagem também dá margem para os internautas interpretem que Nani Azevedo promete raspar a cabeça.

De acordo com a Associação Brasileira de Linfona e Leucemia, a taxa de mortalidade segue alta no Brasil.

+ Raquel Santiago é flagrada chorando e motivo choca seguidores

A partir de dados do Sistema Único de Saúde (SUS), a entidade contabilizou 62 385 óbitos decorrentes da doença entre 2007 e 2016. No primeiro ano analisado, foram 5 721 fatalidades. Quase uma década depois, o número chegou a 7 061.

Ou seja, são incentivos e campanhas como essa do cantor Nani Azevedo após a postagem de um vídeo na internet que fazem a diferença e pode ser a cura desses pacientes.

Etiquetas
Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo
Fechar